Flores em casa na primavera


Estamos na primavera, a estação das flores, com sua beleza e seu colorido especial nos parques, nas praças e nos espaços a céu aberto. Para quem deseja trazer um pouco desse clima para dentro de casa, é possível cultivar flores em diversos ambientes, considerando os cuidados e as particularidades de cada espécie.

Na sala e no quarto, em lugares com pouca luz natural, begônias e bromélias são uma boa. Com suas cores de tons quentes, a begônia é uma planta de vida longa, que não exige muita luz solar. Já as bromélias necessitam de iluminação, embora não possam ficar expostas diretamente ao sol. Ambas as flores necessitam de regas regulares, mas sem exagero, sendo que nos dias de mais calor, recomenda-se usar apenas um borrifador para umedecer as bromélias.

Nos aparadores e nas mesinhas do corredor e do hall de entrada, os lírios da paz e as estrelícias compõem belos arranjos, adaptando-se em lugares arejados, sejam iluminados ou sombreados. É importante, no entanto, regular o uso do ar condicionado, pois tanto o frio quanto o calor em excesso prejudicam o desenvolvimento destas flores. Em uma cozinha bem iluminada, o ideal são as margaridas, que precisam dos raios de sol para crescer. A rega deve ser feita pelo menos uma vez ao dia, cuidando para não encharcar a terra e evitando os horários mais quentes do dia.

Por fim, orquídeas e violetas combinam com ambientes mais úmidos, como o banheiro. Uma dica ao cultivar orquídeas é mantê-las em local com iluminação indireta. E se a folhagem ficar escura, é hora de mudar a orquídea de lugar. Quanto às violetas, que crescem bem em locais de clima ameno e sem muita luz, deve-se evitar lugares quentes e com exposição direta ao sol.