Economia: 6 erros que você deve evitar com seu dinheiro

É comum cometer alguns equívocos quando o assunto é dinheiro, afinal de contas usamos nossos recursos financeiros para quase tudo e no meio disso podem ocorrer alguns deslizes. Mas você pode evitar tais erros analisando cenários e planejando seus gastos ao longo do ano.

Já parou para pensar se está cuidando bem do seu dinheiro? Está investindo corretamente? Pensando em questões como essas, separamos algumas situações que podem ajudar você a ver o que está de fato errado e ainda melhorar o seu planejamento. Confira:

1-  Não pesquisar e comparar preços antes de comprar produtos

Muitas pessoas acabam comprando por impulso e sem fazer uma comparação de preços. Claro que você não precisa enlouquecer com essa ideia de pesquisar antes de comprar. A comparação deve ser feita em compras de bens de consumo com valores mais elevados. Isso se aplica a compra de aparelhos eletrônicos, carros ou imóveis, pois esses sim podem ter uma grande diferença no valor total.

2- Não poupar e não investir

Somente o fato de poupar o dinheiro não irá resolver os problemas, uma economia guardada pode salvar em algumas situações emergenciais, mas vale ressaltar que é importante investir. Principalmente para não deixar que inflação desvalorize aquele dinheiro que você trabalhou tanto para conseguir.

3 - Deixar para investir somente se sobrar

Esperar sobrar aquele dinheirinho no final do mês é um dos principais motivos que levam a pessoa a não investir. Tente traçar uma meta e invista uma pequena quantidade de dinheiro. Tal investimento pode ser encarado como uma conta que precisa ser paga todo o mês.

 

 4 - Comprar produtos no lançamento

Grande parte dos produtos tem um valor mais elevado logo em seu lançamento, principalmente por carregarem um valor de “exclusividade”. E um bom exemplo disso, são os Smartphones que após alguns meses do seu lançamento já apresentam preços mais baixos. Nesses casos vale a pena esperar passar algum tempo e comparar a diferença.

 

5 -  Não se planejar para os impostos fixos

Sabemos que todo ano devemos pagar impostos como IPTU, IPVA e alguns outros, mas muitas pessoas não se planejam quando chega o momento de pagar essas contas. Se houver uma economia durante o ano e um planejamento com antecedência, com certeza será mais fácil de incluir tais impostos no orçamento.

6 - Deixar o dinheiro parado na Poupança

Nesses últimos anos a poupança tem rendido menos que a própria inflação, o que nos mostra que não vale a pena deixar o dinheiro parado lá. Converse com profissionais e descubra muitos investimentos que podem ser mais interessantes financeiramente do que apenas aplicar na poupança.